Operações de garantia da lei e da ordem

Direção: Júlia Murat

Documentário, 83 min, 2017, SP, 14 anos

 

Documentário sobre a relação entre a representação e o representado, a narrativa e o fato, a imagem e o acontecimento a partir da relação entre a mídia e as manifestações que ocorreram no Brasil no período de junho de 2013 a julho de 2014. Como mídia, compreendemos todo e qualquer tipo de criação de imagem e de texto publicados em algum sistema de comunicação (TV, internet, rádio, material impresso e distribuído).

 

Formada em roteiro pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro, Julia Murat realizou em conjunto com Leo Bitterncourt, o documentário Dia dos pais (2008), que teve estreia mundial no Festival Cinéma du Réel e brasileira na competitiva do É Tudo Verdade. Seu primeiro filme Histórias que só existem quando lembradas, estreou no Festival de Veneza e foi selecionado para mais de 80 festivais no mundo, entre eles Toronto, San Sebastian e Rotterdam. Seu longa Pendular venceu o prêmio FIPRESCI no Festival de Berlim e o Festival Internacional de Cinema do Uruguai.

 

Codireção: Miguel Antunes Ramos

Edição: Nina Kopko

Produtor: Julia Murat e Douglas Duarte

Produção executiva: Tainá Prado

Direção de arte e cartelas: Guilherme Peters

Edição de som: Simone Petrillo

Mixagem: Estúdio de mixagem Meios e Mídia Comunicação Ltda.

Produção executiva: Maísa La Cava Mendonça e Paula Barone

Fale conosco

Ente em contato com o festival.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?