O Bandido da Luz Vermelha

Direção: Rogério Sganzerla

Drama, 92 min, 1968, 14 anos

Elenco: Paulo Vilaça, Helena Ignez, Luiz Linhares, Sérgio Hingst

 

Jorge é conhecido como “Bandido da Luz Vermelha”. Extremamente violento, assalta residências em São Paulo e com estratégias particulares consegue enganar a polícia. Boçal e arrogante, ele gasta dinheiro de forma extravagante em companhia de Janete Jane. Envolvido com um político corrupto e outros assaltantes, Luz Vermelha é traído e acaba encurralado. No entanto, ele vê uma única saída para sua carreira criminosa: o suicídio.

 

O primeiro longa-metragem de Rogério Sganzerla (1946-2004), então com 22 anos, é inspirado na vida do célebre assaltante João Acácio Pereira da Costa, alcunhado pela imprensa de “Bandido da Luz Vermelha”. Apresentado no Festival de Brasília de 1968, quando ganhou os prêmios de melhor figurino, melhor diretor, melhor montagem e melhor filme, é considerado o marco inicial do cinema marginal. É um dos primeiros colocados na famosa lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.

Fale conosco

Ente em contato com o festival.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?